Escola de Massagem Shantala

Medicina Chinesa


O termo Medicina Tradicional Chinesa, é o termo correto usado para o conjunto de técnicas terapêuticas utilizadas por esta arte (A arte de sarar). As técnicas frequentemente usadas por esta arte são: Acupuntura, Moxabustão, Ventosas (na forma de sangria ou não), as massagens Energéticas, Qi Gong (Chi Kun), entre outras.

Acupuntura: Esta técnica amplamente usada em todo o mundo e talvez a mais difundida, consiste em inserções de agulhas em determinados pontos de Canais de Energia (mau chamados de meridianos em ocidente) com o propósito de tratar a Energia do doente, para que este através do redirecionamento e harmonização de sua Energia consiga “desfazer” a doença. Estes pontos podem ser combinados de diversas formas, assim como, por exemplo, durante uma escrita podemos com as mesmas palavras dar sentido e ideia diferente a uma frase. Assim também conforme os pontos combinados e aplicados se poderão dar diferentes sentidos à Energia que queremos conduzir. Isto que se tem ilustrado anteriormente sobre esta técnica, é para que o leigo que quer compreender possa numa breve descrição, ter uma ideia do propósito da acupuntura. Já os fundamentos e a compreensão profunda cabem as pessoas com adequado estudo desta arte e técnica. As pessoas que trabalham somente com esta técnica tornam-se muitas vezes incompletas, não alcançando o êxito desejado nos tratamentos, já que para cada tratamento as vezes a acupuntura deve ser aliada a outras técnicas da MTC. Então podemos concluir que a acupuntura é apenas mais uma técnica ou ferramenta a ser aplicada durante os tratamentos da MTC.

Moxabustão: Para esta técnica temos basicamente duas formas de aplicação. A moxa direta que consiste em pequenos cones de moxa previamente confeccionados que são aplicados sobre a pele, em determinado ponto de algum Canal de Energia com o objetivo, por exemplo, de eliminar o Frio Perverso ou a Umidade acumulada dentro do corpo. Outra técnica, em geral a mais usada, é a moxa indireta que consiste num bastão de moxa “cigarro” aplicado a certa distância da pele com o objetivo de que este calor penetre lentamente num determinado ponto de algum Canal ou mesmo numa determinada região do corpo. Hoje também existe nos hospitais da República Popular da China a moxa elétrica, esta moxa foi pesquisada durante anos pelo governo Chinês a qual afirmam dar terapeuticamente o mesmo resultado da moxa de ervas. Claro que antigamente ao ascender a moxa de ervas nos hospitais chineses acabavam infetando com o cheiro característico da moxa de ervas, basta parte do hospital, já hoje em dia não há mais esse inconveniente, já que a moxa elétrica dá calor através de uma pedra de cerâmica redonda e achatada. (Não confundir com moxa de carvão mineral).

Ventosas: Esta técnica consiste numa campânula de vidro onde no seu interior coloca-se fogo com o intuito de eliminar o oxigênio acumulado dentro dela e imediatamente aplica-se sobre a pele, produzindo desta forma um vácuo a qual proporcionara uma sucção local. Em geral esta técnica serve para dispersar Energia estagnada num determinado local, proporcionando assim e circulação da Energia e do sangue. A ventosa com sangria pode ser outra técnica, com frequência usada por alguns terapeutas com o objetivo de retirar de dentro do corpo, sangue estagnado, permitindo assim a circulação do sangue e da Energia, aliviando imediatamente a dor. Massagens Energéticas: Estas massagens são feitas de forma sutil, podendo ser feita por cima da roupa. Este tipo de massagens podem ser realizadas com vários propósitos terapêuticos. É uma massagem carregada de muita intensão terapêutica já que deverá interferir na topografia Energética de determinados Canais de Energia. Esta massagem age tanto em problemas de dores, como para harmonização da Energia e relaxamento físico e psíquico entre outros tantos sintomas e patologias.

Qi Gong (Chi Kun): Existem vários tipos de Qi Gong com diversas finalidades. Por exemplo poderemos citar o Qi Gong para Artes Marciais e o Qi Gong Terapêutico que é ele que se usa na MTC. Existem também o Qi Gong Budista, o Qi Gong Taoista, etc. Na MTC usa-se o Qi Gong Terapêutico, o qual pode ser realizado para si próprio, como pode ser aplicado em alguém. O Qi Gong visa harmonizar o homem no seu aspecto físico, mental e espiritual a fim de se fundir e se harmonizar com o seu entorno. Esta harmonia vai trazer vitalidade, saúde e paz interior.
Espero que estes breves relatos possa lhe servir ao público em geral para esclarecer em parte, ou melhor, dar uma ideia do que é Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Esta Medicina visa transmitir esta tradição, e perpetuá-la para as próximas gerações, assim como antigamente se transmitia de pais para filhos. Esta tradição nos fala de um conceito passado de pais para filhos de como deve ser vivida a vida, perdida nos tempos modernos e nos afastando do verdadeiro propósito do homem aqui na terra.

Professor Julio Enrique Sosa Prieto.

Galeria de imagens Medicina tradicional Chinesa





Rua Vigário José Inácio, 481 - Conj. 53 - Centro - Porto Alegre - RS.
Copyright 2010© Escola Shantala. Todos os direitos reservados.